Untitled Document

 


Policia Militar no combate contra praticas nefastas

A Polícia Militar (PM) efectuou esta quarta-feira 27 de Dezembro 2017 no Estado Maior General das Forças Armadas, a apresentação pública e a consequente entrega oficial as autoridades militares dos produtos narcóticos, materiais letais e de comunicação apreendidos durante as operações de patrulhamento realizadas neste ano.

As patrulhas realizadas nos diferentes bairros e artérias da cidade de Bissau permitiram a polícia apreender cerca de 10 quilogramas de liamba, telemóveis, armas brancas, rádios.

Em jeito de balanço, o Major Fidelis Fernandes Oliveira, Comandante da PM, o patrulhamento anual de 2017 pode ser considerado positivo visto que permitiu criar um clima de sossego, tranquilidade e de segurança para a população de Bissau, principalmente nos bairros considerados mais difíceis de acesso.

Foi naqueles bairros que foram apreendidas grandes quantidades de matérias roubados que tinham sido devolvidos aos seus respectivos proprietários e os produtos como liambas (drogas) incinerados, seus donos foram entregues as autoridades as autoridades competentes para posteriores tratamentos judiciais. Contudo, o Comandante lamentou as dificuldades de várias ordens com que os homens de patrulha se deparam no campo e que em alguns casos limitam as operações diárias de patrulhamento.

Ainda para travar o fenómeno, o Major Fidelis Fernandes Oliveira apelou toda a população residente e os visitantes de Bissau no sentido de colaborarem com as autoridades de Defesa e Segurança, denunciar indivíduos que praticam condutas prejudiciais.

Solicitou que a mesma população apoie no desmantelamento de tais redes para garantir que todos manifestem as festas num ambiente de sossego e tranquilidade absoluta. Também garantiu uma vigilância total e atenção da PM através da realização de patrulhamentos rigorosos e constantes como forma de desmantelar, aniquilar e dissuadir os grupos ou as redes capazes de porem em causa a tranquilidade do país e da sua população.

Jornalista Admir Lopes Correia

farp, 29 de Dezembro 2017

 

info@farp.gw