Untitled Document

 


Infra-estruturas do batalhão de Ingoré poderão ser reabilitadas

O Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, General Biaguê Na N´Tan que procura cumprir na integra os compromissos assumidos em matéria da melhoria das condições sociais dos militares, a formação de jovens, a reorganização e o respeito a Constituição da Republica, efectuou ni dia 11 de Dezembro 2017, uma visita relâmpago ao batalhão de Ingoré.

A visita em que o General foi acompanhado pelos Inspector-geral das Forças Armadas, Chefe do Estado Maior de Exército, Major General Lassana Massaly, Chefes de Divisões de Operações e Educação Cívica Assuntos Sociais e Relações Públicas, visa inteirar-se do estado social dos efectivos e das infra-estruturas do batalhão de Ingoré.

Após as honras militares que lhe foram reservadas, o Chefe do Estado Maior General endereçou uma mensagem de encorajamento aos efectivos do batalhão misto e em particular aos novos soldados recentemente colocados.

Para os jovens soldados que prestaram o juramento da bandeira no dia 2 de Dezembro em Cumeré que optaram a carreira militar para dar suas contribuições, disse: vocês são doravante os defensores da integridade territorial, da nossa pátria e garantes da Constituição da República da Guiné-Bissau.

Neste caso têm o dever de aumentar cada vez mais, os seus conhecimentos científicos, militares, culturais e cívicos, devendo sempre melhorar suas relações sociais com toda a gente. Recordou que nas forças armadas não existe boros nem tão pouco, homens inúteis; cada um de nos tem seu valor, seu lugar e sua capacidade que nunca devem ser ignorados.

O General Biaguê prometeu criar nesta unidade fronteiriça escola de línguas estrangeiras que já existe desde 2016 nas instalações do Estado Maior General em Bissau. Adiantou que o Estado Maior General está envidar esforços no âmbito da integração dos militares guineenses nas missões de manutenção de paz no quadro da ONU, CEDEAO, CPLP, assim como também na formação dos seus quadros. Portanto, se tudo correr bem, o país recebera em 2018, formadores dos formadores militares no domínio de manutenção de paz, para instruir os nossos elementos.

Reiterou suas exigências sobre a melhoria constante da dieta alimentar das tropas, das condições de alojamento e de higiene. Por isso, recomendou os responsáveis da logística daquela unidade o respeito escrupuloso da ementa alimentar diária fixada pela Divisão de Recursos Materiais do Estado Maior General.

Antes de terminar sua visita, o General Biaguê Na N´Tan percorreu todas as instalações tendo no entanto constatado in loco as dificuldades e necessidades que conhece esta unidade. Entre essas dificuldades, figura a detracção progressiva das infra-estruturas que precisam serem reabilitadas e pintadas rapidamente, a recuperação da rede de água potável herdada do período colonial e que jamais consegue entender as exigências actuais do batalhão.

No entanto, para ultrapassar todos problemas vigentes aqui, o Chefe do Estado Maior General garante que vai destacar ainda nestes dias a Engenharia Militar para proceder o levantamento geral das necessidades.

Major Ussumane Conaté

farp, 12 de Dezembro 2017