Untitled Document

 


UNIOGBIS e EMGFA promovem seminário sobre comunicação social

O evento aconteceu no Clube das Forças Armadas e teve como objectivos compartilhar conhecimentos relevantes sobre boas práticas de relacionamento com a sociedade e com os órgãos de média, aprimorar a divulgação das atividades das Forças Armadas, fortalecer a sua imagem como instituição democrática e reforçar a sua capacidade como órgão estatal para funcionar de forma cada vez mais eficaz, transparente e constitucional.

No primeiro dia, o Coronel Costa Neto, Conselheiro Militar, abordou o papel da Comunicação Social na preservação e no fortalecimento da imagem da instituição, a dinâmica da comunicação nos dias atuais, a influência da opinião pública, a necessidade de maior aproximação com a sociedade, a importância da comunicação interna para a ação de comando e coesão da tropa, e os desafios da comunicação social.

No segundo dia, o coronel abordou como deve ser a relação com a média, quais as orientações para lidar com os diversos órgãos de imprensa (TV – jornal – rádio – internet), como se comportar nos diversos tipos de entrevistas, técnicas de respostas que podem ser empregadas nas entrevistas, o papel do assessor de imprensa, a preparação do porta-voz, e a necessidade do treinamento para a concessão de boas entrevistas.

Ainda no segundo dia, a Sra. Julia, Chefe da Unidade de Informações Pública do UNIOGBIS, discorreu sobre a história da Comunicação Social, a legislação relacionada ao tema na Guiné-bissau e o trabalho dos órgãos de média no País.

Enquanto no terceiro dia, o Coronel Costa Neto falou de como deve ser o atendimento ao público e o relacionamento com a sociedade, destacando procedimentos que devem ser utilizados para uma boa aceitação das Forças Armadas no seio da população. Depois disso, o Coronel Jorge Manuel Iglesias, da Cooperação Técnico-Militar de Portugal, abordou as atividades de Comunicação Social no Exército Português.

No último dia, o Conselheiro Militar, Costa Neto discorreu sobre o tema crise de imagem, destacando as principais condutas adotadas por uma instituição no gerenciamento de uma situação complexa que represente uma crise de imagem.

No final, o Coronel afirmou que “os objetivos do seminário foram plenamente atingidos e que outras atividades desta natureza, com temas diferentes, serão realizadas ainda este ano, fortalecendo os vínculos entre o UNIOGBIS e as Forças Armadas, capacitando cada vez mais os integrantes das FARP”.

Coronel Costa Neto Conselheiro Militar de UNIOGBIS

farp, 09 de Agosto de 2018

 

info@farp.gw
Webmail