Untitled Document

 


FARP recomeçam obras de reabilitação das infira-estruturas de Pequeno Moscovo

A visita enquadra-se na continuidade de execução do plano de Estado Maior General das Forças Armadas de reabilitação das infra-estruturas militares efectuadas pelo batalhão da Engenharia Militar.

O ensejo serviu para o Vice-Chefe do Estado Maior General das Forças Armadas, Tenente General Mamadú Turé (N´Krumah) revelar que tais instalações irão servir para alojar hóspedes e delegações militares dos países amigos que cooperam com as Forças Armadas Revolucionarias do Povo da Guiné-Bissau.

O General mostrou-se muito impressionado pela forma como todos os militares têm acatado as ordens do General do Exercito Biaguê Na N´Tan e a executar com motivação os trabalhos de reabilitação das suas infra-estruturas. Para além disso, o Vice-CEMGFARP aproveitou a ocasião para apelar a classe castrense, a continuar a trabalhar com o mesmo espírito e prontidão (seguindo sempre as ordens da hierarquia superior das forças armadas facto que, efectivamente permitira melhorar as condições habitacionais dos hospedes e delegações militares.

O Brigadeiro General Anicete Costa, conselheiro do Chefe de Estado Maior General e Responsável pela reabilitação das instalações de Pequeno Moscovo disse que o motivo desta reabilitação enquadra-se no projecto de longa data planeado em criar melhor situação de habitabilidade a classe castrense.

Referendo as palavras do Vice-CEMGFARP afirmou que, o complexo habitacional denominado Pequeno Moscovo que dantes servia de alojamento dos conselheiros soviéticos ira servir no futuro para alojar os técnicos, especialistas militares estrangeiros acreditados para trabalhar com as FARP. Contudo, apontou existência de uma enorme dificuldade de ordem financeira que no entanto para ultrapassa-la precisa ter apoios do Governo e dos parceiros de desenvolvimento. É este mesmo que obviamente condiciona o acabamento total das obras de reabilitação das instalações em referência.

Falando exclusivamente a imprensa militar, o 1º Cabo, Bernaldo Domingos Neto do Batalhão dos Para comandos, um dos participantes na limpeza, em curso mostrou-se muito emocionado e feliz com os planos do Estado Maior General das FA que visam melhorar as condições de vida dos militares guineenses. Nesta mesma senda declarou que ser um militar não se resume só a vida na caserna mas sim realizar um trabalho constante sendo este, uma das melhores formas de preparação física e do melhoramento da situação habitacional e da saúde própria. Igualmente solicitou ao Estado Maior General das FA a prosseguir com projectos de género sem deixar de dar uma atenção especial a classe mais baixa dos militares.

Por seu turno, Soldado Rosa Na Iala em representação das suas colegas participantes nos trabalhos da limpeza deixou uma mensagem na qual apelou todas as mulheres militares a batalharem lado-ao-lado com os homens quer no trabalho e quer no cumprimento dos deveres militares mostrando assim seus méritos e defender os direitos de igualdade no género.

Jornalista Ademir Lopes Correia

farp, 09 de Janeiro 2018

 

info@farp.gw